23/06/2020 - TCE-MT emite orientação técnica sobre contratações de obras e serviços de engenharia
Notícia de licitação
 

O Documento

 

O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) emitiu Orientação Técnica quanto às hipóteses para dispensa de licitação previstas na Lei nº 13.979/2020, que dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do novo coronavírus (Covid-19).

 

O documento foi elaborado em resposta a consulta informal feita por jurisdicionado sobre a possibilidade de dispensa de licitação para contratações de obras e serviços de engenharia.

 

Na orientação, a equipe técnica do TCE-MT destaca que o artigo 4º da lei introduziu a possibilidade de dispensa de licitação para aquisição de bens, serviços, inclusive de engenharia, e insumos destinados ao enfrentamento da pandemia. Ressalta, no entanto, que a legislação não contemplou a possibilidade de utilização de dispensa  para contratação e execução de obras públicas.

 

A Corte de Contas pontua, por sua vez, que o gestor público não está desprovido de fundamento legal diante de situações emergenciais que demandem a contratação e execução de obras necessárias ao enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Covid-19.

 

“Destaca-se que tanto nas contratações emergenciais, por dispensa de licitação, de serviços de engenharia fundamentadas pela Lei nº 13.979/2020, quanto nas contratações emergenciais, por dispensa de licitação, de obras e serviços de engenharia fundamentadas pela Lei de Licitações (nº 8.666/93), deverão ser considerados, na interpretação das normas, os obstáculos e as dificuldades reais do gestor e as exigências das políticas públicas a seu cargo, sem prejuízo dos direitos dos administrados, especialmente neste momento excepcional”, diz trecho do documento.

 

A Orientação Técnica foi emitida no âmbito da comissão especial de apoio instituída pelo TCE-MT e, por não se enquadrar no rito e nas regras estabelecidas para as consultas formais no Regimento Interno da Corte de Contas, não tem força normativa, não constitui prejulgados de tese e não vincula o exame de feitos sobre o mesmo tema.

 

O documento tem por objetivo orientar de forma pedagógica a atuação das autoridades públicas durante o período de enfrentamento da pandemia, visando aumentar a segurança jurídica na aplicação das normas.

 

Tal medida encontra-se em plena consonância com as diretrizes estabelecidas na resolução conjunta elaborada pelas entidades representativas dos tribunais de contas, que recomenda, dentre outras, a atuação pedagógica e a busca de soluções conjuntas e harmônicas pelas Cortes de Contas e os gestores fiscalizados.

 

A Orientação Técnica 08/2020 foi elaborada pelo supervisor da Secretaria de Controle Externo (Secex) de Obras e Infraestrutura, auditor público externo Emerson Augusto de Campos, supervisionada pela secretária da Secex, Narda Consuelo Vitório Neiva Silva, validada pelo secretário-geral da Presidência, Flávio de Souza Vieira, pelo secretário-geral de Controle Externo, Roberto Carlos de Figueiredo, e pela auditora pública externa, Risodalva Beata de Castro, bem como aprovada pelo presidente do TCE-MT, conselheiro Guilherme Antonio Maluf.

 

Gabriela Galvão

Secretaria de Comunicação/TCE-MT

(65) 3613 7559

Fonte: TCE MT

Análise da página "tttcemtttemitt"   

Avaliação: 9 de 10 | Comentários: 14 | Número de avaliações: 27
 
 
 

 
Contato
 
  (48) 99184-1375
  (48) 3364-8666
  (48) 3028-9667
Av. Pref. Osmar Cunha, 416, Sala 11.05, Centro, Florianópolis/SC, CEP 88015-100
Encontre-nos
 
ACidade ONMilene Moreto O Executivo estima que até o final do ano a licitação seja encerrada A Prefeitura de Campinas autorizou na sexta-feira (21) a abertura do processo de licitação da Parceria Público Privada do Lixo. Agora, a Secretaria de Administração deve preparar a concorrência e disponibilizá-la para as empresas interessadas em assumir a gestão de resíduos sólidos na cidade. O Executivo estima que até o final do ano a licitação seja encerrada. O processo ficará 45 dias disponível para consultas. Esse é o prazo para o recebimento das propostas. A abertura dos envelopes só é autorizada após esse período. A PPP do Lixo é um dos maiores contratos da Administração, orçado em R$ 800 milhões. Passou por consulta pública e, segundo o secretário de Serviços Públicos, Ernesto Paulella, as mudanças sugeridas pela população não afetaram o projeto base. "Nós tivemos muitas sugestões e várias foram incorporadas ao nosso projeto, como a maximização da reciclagem. Nenhuma delas, no entanto, alterou a ideia do governo que é a de criar usinas, fazer uma gestão inteligente do lixo e com redução do impacto no meio ambiente", disse.  Sobre o edital, Paulella afirmou que que o processo está em fase avançada e acredita que, no máximo em um mês, já esteja disponível. "Durante toda a discussão da PPP o edital já estava em preparação. Precisamos agora apenas dos ajustes finais. Se tudo correr bem, nossa estimativa é de encerrar a licitação até o final do ano", disse o secretário. TRÊS USINAS A nova gestão do lixo planejada pela Prefeitura inclui a construção de três usinas: compostagem de lixo orgânico, reciclagem e transformação de rejeitos (carvão), que leva o nome de CDR. A receita da venda do material reciclado, composto e carvão é dividida com a Prefeitura. Cada um - empresa e Prefeitura - fica com 50%. O carvão, por exemplo, é utilizado em metalúrgicas e usinas de cimento, um mercado que está em crescimento em todo o mundo.  Todo o lixo passará por tratamento. Aquele que não puder ser aproveitado em nenhuma das usinas será descartado pela empresa. Mas a quantidade é pequena. Segundo Paulella, menos de 5%. Também é responsabilidade da concessionária que vencer a licitação realizar esse descarte em local adequado. O prazo para a vencedora da concessão construir as usinas é de cinco anos. Os serviços de varrição, cata-treco, coleta seletiva e ecopontos são assumidos imediatamente, mas a empresa só recebe pelo serviços prestados. Quanto mais ela demorar para construir as usinas, menos conseguirá gerar de receita.
 
Home   •   Topo   •   Sitemap
© Todos os direitos reservados.
 
Principal   Equipe   Missão e Valores   Imprensa